PLP 083 - Intermediate - Driving in Portugal

Topic: How to start a car in Portuguese

In this episode you learn:

  • How to start a car in Portuguese.

  • Specific car-related vocabulary.

You can access the transcript and translation of the key vocabulary in the free content vault.

Listen to the episode

 
 
Portuguese Lab Podcast - European Portuguese - 83 - Starting the car in Portuguese.jpg
 

Text

Quando entro no meu carro meto a chave na ignição, ponho o carro em ponto morto, ligo o carro, meto a primeira, destravo o travão de mão, ponho o pé no acelerador, e aí vou eu!

O que é que eu acabei de fazer? Vamos ver com mais atenção.

Para ligar o meu carro eu preciso de uma chave. A ignição é o buraco onde meto a chave. Mas não é suficiente enfiar lá a chave! Eu tenho de a rodar.

A este movimento de rodar a chave na ignição nós chamamos de dar à chave. Por exemplo, quando o meu carro está avariado, ou seja, quando ele não funciona, eu dou à chave e não acontece nada. Ele não liga!

Mas o meu carro não está avariado, por isso ele liga quando dou à chave. Mas antes de dar à chave eu tenho de fazer outra coisa. Tenho de pôr o carro em ponto morto. Calma, eu não tenho de matar o carro! Pôr em ponto morto significa não pôr nenhuma mudança.

O meu carro tem cinco mudanças: a 1ª (primeira), a 2ª (segunda), a 3ª (terceira), a 4ª (quarta) e a 5ª (quinta). Quando ponho a 1ª, o carro tem mais força; quando ponho a 5ª posso acelerar mais, ou seja, consigo andar mais depressa.

Quando eu digo que tenho de ter o carro em ponto morto antes de o ligar, quer dizer que não posso ter nenhuma mudança metida. E como é que eu sei que não há nenhuma mudança metida? Olho para a manete das mudanças. Esta manete é a alavanca que permite meter as mudanças.

Não tenho nenhuma mudança metida? Ótimo! Posso dar à chave e ligar o carro. Agora sim, posso meter a primeira, que é a que dá a força necessária para o carro arrancar.

Não tenho nenhuma mudança metida? Ótimo! Posso dar à chave e ligar o carro. Agora sim, posso meter a primeira, que é a que dá a força necessária para o carro arrancar.

Mas não basta mover a manete para o lugar da 1ª, tenho de carregar simultaneamente no pedal da embraiagem. E como é que eu carrego na embraiagem? Com o pé, com o pé esquerdo. O pé esquerdo é o que eu uso para carregar no pedal da embraiagem e meter as mudanças.

Para o carro andar ainda preciso de fazer mais duas coisas. Primeiro preciso de destravar o travão de mão. O travão de mão é uma alavanca ao lado do lugar do condutor que evita que o carro ande sozinho. Ele trava as rodas. Ora, para o carro poder andar, ele não pode ter as rodas travadas. Então, eu destravo o travão para andar e travo-o quando quero parar e sair do carro.

Agora que já destravei o carro, ainda preciso de fazer mais uma coisa: carregar no acelerador. E carrego com a mão? Não, com o pé! O pé direito é o pé que carrega no pedal do acelerador. Quanto mais eu carrego no acelerador, mais o carro acelera. Ou seja, mais rápido ele anda. Sim, porque um carro anda!

E pronto! O carro começa a andar. Mas e se eu quero andar para trás e não para a frente? Então, em vez de meter a primeira meto a marcha-atrás. Em vez de escolher a 1ª, a 2ª, a 3ª, a 4ª ou a 5ª, escolho a marcha-atrás com a manete das mudanças. E aí eu vou para trás!

Mas atenção, não te esqueças de olhar pelos espelhos retrovisores quando andas para trás. Caso contrário ainda atropelas o velhote que vai a passar atrás do carro!

Agora tenho algumas perguntas para ti.

1) O que é que eu faço depois de meter a chave na ignição?

Eu dou à chave.

2) Eu meto a 3ª para arrancar com o carro?

Não, eu meto a 1ª.

3) Em que pedal é que carrego para fazer o carro andar mais depressa? Na embraiagem ou no acelerador?

No acelerador.

 

You might also like

 

Be an insider!