A maior onda do mundo

Read in European Portuguese

Read in European Portuguese with this article about Canhão da Nazaré and its big waves. Consolidate the new vocabulary by reading more about it in the glossary and listening to the audio of the text in Portuguese. 

 

Ao largo da costa da Nazaré, a 130 km a norte de Lisboa, podem encontrar-se das maiores ondas do mundo. A praia do Norte, na Nazaré, só recentemente foi descoberta pela comunidade surfista internacional e tornou-se num dos locais mais importantes para o surf de ondas gigantes.

Em 2011 o surfista havaiano Garrett McNamara surfou uma onda que ficou registada no livro de recordes do Guinness como tendo 78 pés (23,7 metros). Dois anos depois surfou outra onda calculada em 112 pés (34 metros).

As ondas formadas nesta zona são propícias à técnica de tow-in surfing, em que o surfista é rebocado por jet-ski até à onda, já que é difícil apanhar ondas de grande dimensão apenas remando.

As ondas gigantes formam-se nesta zona devido a um desfiladeiro submarino designado por Canhão da Nazaré. Este desfiladeiro, com direção este-oeste, inicia-se a 500 metros da costa a uma profundidade de 50 metros, e continua ao longo de 211 km até à planície abissal ibérica atingindo 5000 metros de profundidade. As correntes de norte provocam ondulações que viajam a grande velocidade pelo desfiladeiro, chegando à costa praticamente sem dissipação de energia. O resultado: ondas gigantes!

Mais sobre o Canhão da Nazaré aqui.

 Onda na Praia do Norte, Nazaré. Onde está o surfista?  Photo: Luis Ascenso.  CC BY 2.0

Onda na Praia do Norte, Nazaré. Onde está o surfista?

Photo: Luis Ascenso. CC BY 2.0

 

Áudio

 

Vocabulário

ao largo de: a alguma distância da costa (de terra firme).

das maiores ondas: = entre as maiores ondas. Inclusão no grupo de casos extremos. Por exemplo: Este livro é dos melhores livros que já li. Este livro está entre os melhores livros que já li.

comunidade surfista: grupo de pessoas que praticam surf. 

tornar-se em: (mudar) = transformar-se em. Por exemplo: A Joana já acabou o curso de culinária e tornou-se numa excelente cozinheira. A Joana já acabou o curso de culinária e transformou-se numa excelente cozinheira.

onda (f, -s): massa de água que se eleva devido a correntes ou marés. Ondas gigantes: ondas muito grandes/enormes. Por exemplo: Hoje não vou à água, as ondas estão gigantes!

havaiano/a: do Havai, nos Estados Unidos da América. Por exemplo: Ela é havaiana. Nasceu no Havai.

surfou: pretérito perfeito simples do verbo surfar. Surfar: equilibrar-se numa prancha de surfe numa onda.

como tendo (as having): O bebé foi registado como tendo 3,5 kg.

ser propício a: favorecer algo/ser favorável a. Por exemplo: Estar deitado ao sol muito tempo é propício a apanhar um escaldão. O mar hoje está favorável à pesca. Fazer desporto favorece a saúde.

 

rebocado: particípio passado do verbo rebocar. Rebocar: puxar um veículo por meio de uma corda, cabo ou corrente.

remando: gerúndio do verbo remar. Remar: usar os braços ou remos para avançar na água.

desfiladeiro submarino (m, -s, -s): passagem estreita e profunda debaixo de água.

iniciar-se a + distância: = começar a + distância. Indicar onde algo começa. Por exemplo: A aterragem do avião iniciou-se a 700 metros de altitude. A aterragem do avião começou a 700 metros de altitude.

profundidade (f, -s): distância da superfície ao fundo. Por exemplo: Este lago não tem muita profundidade.

ao longo de: = na extensão de. Por exemplo: O campo de golfe estende-se ao longo de 2 km.

planície abissal ibérica: área extensa e plana no fundo do mar ao largo da Península Ibérica.

as correntes de norte: a corrente é a deslocação da água numa direção. Neste caso, a corrente vem de norte.

ondulação (f, -ões): movimento das ondas. Por exemplo: o mar hoje está com muita ondulação.

viajam a grande velocidade: viajam muito depressa.

sem dissipação de energia: sem perda ou desperdício de energia/força. Por exemplo: Como o paraquedas não abriu, não houve dissipação de energia e o homem bateu com muita força no chão.

 

As ondas

 

English summary

Off the coast of Nazaré, 130 km north of Lisbon, one can find some of the largest waves in the world. The Canhão da Nazaré (Nazaré Canyon) has only recently been discovered by the international surfing community and has become a hotspot for big wave surfing.

 

Peregrinos para Fátima

Há cento e um anos atrás três pastorinhos afirmaram ter visto aparições de Nossa Senhora, em Fátima, Portugal. Os pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta, eram ainda crianças em 1917, mas ficaram conhecidos pelas suas descrições das aparições de uma figura resplandecente que lhes terá transmitido várias mensagens.

No local das aparições foi, pouco tempo depois, construída uma capela que rapidamente se tornou num centro de peregrinações. A capela faz ainda parte do Santuário de Fátima, um santuário mariano da Igreja Católica, de grande importância religiosa, não só em Portugal, como no resto do mundo.

O dia 13 de maio celebra a data da primeira aparição e é um evento que desencadeia todos os anos peregrinações de milhares de portugueses e estrangeiros em direção a Fátima.

É comum, nas primeiras semanas de maio, observar muitos peregrinos a caminhar pelas estradas, o que exige grande atenção por parte dos condutores. Hoje em dia, é normal os peregrinos usarem coletes refletores, o que diminuiu grandemente os acidentes.

Podem ver-se transmissões em direto do santuário na página de internet, incluindo missas e celebrações.

  Os Pastorinhos em 1917.

Os Pastorinhos em 1917.

Vocabulário

o pastor (es): o pastor guarda o gado (cabras, ovelhas, etc.). Pastorinhos é o diminutivo de pastores e significa pequenos pastores.

a aparição (ões): = visão. Exemplo: A mulher que mora naquela casa já viu aparições. Acho que a casa está assombrada. Tem fantasmas.

Nossa Senhora: Maria, mãe de Jesus.

ficaram conhecidos: (conhecer) = ficaram famosos. Exemplo: A Madonna é muito conhecida. Ela ficou conhecida quando era nova.

a descrição (ões): o ato de descrever ou narrar. Exemplo: A testemunha contou tudo com pormenor. A descrição dos eventos ajudou a polícia.

a figura resplandecente: uma imagem que é brilhante, tem muito luz. Exemplo: Fui a um concerto ontem. O palco estava resplandecente.

lhes terá transmitido: (terá transmitido - futuro perfeito do indicativo) Segundo os Pastorinhos, a Virgem Maria transmitiu-lhes mensagens. 

a capela (s): uma igreja pequena.

a peregrinação (ões): uma viagem em romaria a um lugar santo.

o santuário mariano: um santuário é um lugar religioso onde se pode praticar a religião. Geralmente inclui uma capela ou igreja. Um santuário mariano refere-se ao culto da Virgem Maria.

celebra (celebrar): = festejar. Exemplo: Eu não gosto de celebrar/festejar o Natal. 

desencadeia: (desencadear) = originar. Exemplo: Falar de política desecadeia/origina reações positivas e negativas nas pessoas.

exige grande atenção por parte dos condutores: (exigir ... por parte de ... ) Os condutores dos carros têm de ter atenção/cuidado. Exemplo: A física quântica exige muito trabalho por parte dos alunos.

hoje em dia: = atualmente. Exemplo: Os adolescentes hoje em dia só querem estar na internet.

o colete refletor (s, es): o colete é uma peça de roupa sem mangas. Um colete refletor é feito de um material que reflete a luz. Exemplo: Os condutores são obrigados a ter sempre um colete refletor no carro. Se tiverem um acidente têm de o vestir.

grandemente: = muito. Exemplo: O preços aumentaram grandemente/muito.

o acidente (s): um evento que causa danos ou feridos. Exemplo: Aquele carro vai para a oficina porque teve um acidente. Bateu num muro.

a transmissão em direto (ões, -): ato de transmitir um evento em tempo real através da televisão, da rádio ou da internet. Exemplo: Eu ouvi a transmissão do discurso do presidente em direto na rádio.

a missa (s): = celebração da eucaristia. Na religião católica a missa é celebrada por um padre. Exemplo: Vais à missa no domingo?

 

 O Santuário de Fátima.

O Santuário de Fátima.

 

Cataplana, meu amor!

A cataplana é um utensílio de cozinha português, usado para cozinhar alimentos.

É especialmente utilizada na zona do Algarve e acredita-se que tem origem árabe devido à  ocupação islâmica da Península Ibérica durante 500 anos. 

Originalmente é feita de cobre ou latão, manualmente, e é formada por duas partes côncavas unidas por uma dobradiça e que fecham com auxílio de dois fechos laterais. 

Há cataplanas de vários tamanhos dependendo da quantidade de comida que se deseja cozinhar.

Tipicamente cozinha-se marisco, peixe, carne e vegetais. Os alimentos são preparados e colocados ainda crus dentro da cataplana ficando a cozinhar em lume brando.

O resultado é uma espécie de sopa ou estufado. Delicioso, claro! 

  Cataplana fechada

Cataplana fechada

Vocabulário

o utensílio (s): o instrumento.

devido a: = por causa de. Exemplo: A planta secou devido ao calor. A planta secou por causa do calor.

o cobre: metal de cor avermelhada, maleável e bom condutor de eletricidade. Exemplo: Roubaram os cabos porque são de cobre.

o latão: liga metálica de cobre e zinco.

manualmente: feito à mão; feito com as mãos. Exemplo: Esta cadeira foi feita manualmente. Esta cadeira foi feita à mão.

côncavo: superfície com concavidade. Exemplo: A casca do ovo é côncava.

a dobradiça (s): peça que une duas partes e permite o seu movimento sobre um eixo. Exemplo: A porta não abre porque a dobradiça está estragada.

com auxílio de: com ajuda de. Exemplo: O presidente dá o discurso com auxílio das suas notas. O presidente dá o discurso com ajuda das suas notas.

 

o fecho (s): peça utilizada para fechar algo. Exemplo: É preciso um martelo para abrir o fecho desta arca.

dependendo deHá vários tamanhos dependendo da quantidade de comida. = O tamanho depende da quantidade de comida. O tamanho é consequência da quantidade de comida.

o marisco (s): crustáceos e moluscos comestíveis (que se podem comer). Exemplo: Eu adoro marisco, especialmente lagosta.

cru: não cozinhado. Exemplo: A fruta come-se geralmente crua.

em lume brando: = a baixa temperatura. Eu cozinho o arroz em lume brando. Eu cozinho o arroz a baixa temperatura.

o estufado (s): = guisado. Alimentos cozinhados num recipiente fechado com algum líquido. Exemplo: O meu pai não gosta de coelho estufado.

Como fazer cataplana de marisco

Ingredientes

  • cebolas
  • pimento vermelho
  • pimento verde
  • coentros
  • sal e pimenta
  • amêijoas
  • camarão
  • vinho branco
  • azeite
  • tomates

Modo de preparação

Colocam-se os igredientes todos na cataplana e deixa-se cozinhar em lume brando. Fácil!

  Cataplana de marisco

Cataplana de marisco

Vídeo de como preparar cataplana de marisco.

 
  Vídeo de como fazer cataplana de marisco.

Vídeo de como fazer cataplana de marisco.

Perdidamente Florbela

Florbela Espanca foi uma poetiza portuguesa, nascida em 1894 no Alentejo. Escreveu o seu primeiro poema, A Vida e a Morte, quando tinha apenas oito anos e foi uma das primeiras mulheres em Portugal a tirar um curso liceal.

Continuou a escrever ao longo da sua vida tumultuosa, sobretudo sobre a vida e o amor, até que cometeu suicídio no seu trigésimo sexto aniversário.

A grupo musical Trovante adaptou um dos seus sonetos Ser Poeta e compôs, em 1987, a música entitulada Perdidamente, que se tornou um clássico.

Vocabulário

poetiza: o feminino de poeta.

um curso liceal: um curso de liceu, hoje designado por ensino secundário.

vida tumultuosa: uma vida agitada, aventurosa.

cometer suicídio: tirar a própria vida.

trigésimo sexto: número ordinal de 36.

soneto: poema formado por dois quartetos e dois tercetos (14 versos).

 Florbela Espanca

Florbela Espanca

Letra:

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
do que os homens, morder como quem beija
É ser mendigo e dar como quem seja
rei do reino de aquém e de além dor

É ter de mil desejos o explendor
E não saber sequer que se deseja
É ter ca dentro um astro que flameja
É ter garras e asas de condor

É ter fome, é ter sede de infinito
Por elmo, manhãs d'ouro e de cetim
É condensar o mundo num só grito

E é amar-te assim, perdidamente
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando, a toda a gente